quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Concurso FAETEC Educação Física

Para os concurseiro de plantão, vai rolar um concurso para professor de Educação Física da FAETEC.
O período de inscrição vai de 14/10 a 17/11. O valor da inscrição para professor de Educação Física é de R$45,00 , a prova está prevista para dia 19/12.
Acesse e confira!
http://www.ceperj.rj.gov.br/concursos/faetec2010ped/paginafaetec2010ped.asp

terça-feira, 24 de agosto de 2010

5 PCN 1º ao 4º série

Bloco de conteúdos

Conhecimentos sobre o corpo – corpo organismo integrado, conhecimentos básicos de anatomia (estrutura muscular e óssea percepção do próprio corpo) , fisiologia (alterações decorrentes da ativ. Física a curto e longo prazo), biomecânicos relacionado a anatomia (hábitos posturais), bioquímicos relacionado a fisiologia (processos metabólicos e perda e reposição de nutrientes básicos)
São abordados através da percepção do próprio corpo
Habilidades motoras durante toda a escolaridade contextualizado com os outros blocos

Esportes,jogos, lutas e ginásticas – Esportes: práticas com regras de caráter oficial e competitivo organizado em federações. Jogos: em maior flexibilidade nas regras, podem ter caráter competitivo, cooperativo e recreativo. Lutas: disputas onde o oponente deve ser subjulgado mediante diversas técnicas. Ginásticas: são técnicas de trabalho corporal, em geral individualizado, com a finalidade de: competição, manutenção da saúde, preparação física, recreativa, convívio social e relaxamento.
A prática é classificada em função do contexto e da intenção dos participantes.
Aspectos a serem discutidos: técnicos, táticos e estéticos.
Informações do históricos dos esportes e suas características.

Atividades rítmicas e expressivas – Manifestações da cultural corporal que tem como características comuns a expressão e a comunicação através de gestos e a presença de estímulos sonoros.

<< ANTERIOR         PRÓXIMO >>

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

4 PCN 2 ao 5 ano


Portadores de deficiências físicas
Deve-se observar qual o tipo de deficiência do aluno
O professor deve flexibilizar para a inserção desse aluno

Objetivos gerais da educação física

Participar de atividades corporais respeitando as diversos tipos de diferenças
Respeito mútuo, dignidade e solidariedade sem violência
Conhecer, valorizar, respeitar e desfrutar da pluralidade cultural
Saúde,higiene, alimentação e atividades corporais
Condições dignas de vida
Diversidades dos padrões de beleza, saúde e estética corporal evitando consumismo e preconceito
Conhecer, organizar e interferir no espaço de forma autônoma, reinvidicando locais adequados para a prática esportiva

Conteúdos de ed física no ensino fundamental


Critérios de seleção e organização dos conteúdos

Relevância social (Brasil)
Características dos alunos (regiões)
Características da própria área ( Ed física)


terça-feira, 6 de julho de 2010

3 PCN 2º ao 5º ano ensino fundamental

Aprender e ensinar Educação Física no ensino fundamental
Aspectos cognitivos sociais e corporais estão associados;
Não automatização dos gestos;
Reflexão sobre possibilidades corporais, autonomia;
Num jogo é importante o aluno conhecer: quando ele é com o caráter mais competitivo ou recreativo, histórico, compreender as regras e estratégias básicas e saber adapta-las;

Automatismo e atenção

Com a automatização o gesto será executado com a necessidade de uma menor atenção;
Cabe ao professor intervir de forma que o gesto automatizado não seja suficiente para execução, mas que seja necessário à atenção do aluno;

Afetividade e estilo pessoal
O medo do aluno de participar de alguma atividade devido a algum risco de segurança física é motivo pra que ele se negue a participar de uma atividade e ele não pode ser obrigado a participar de qualquer atividade.


Fracassos sucessivos podem dificultar a aprendizagem
Não deve haver humilhação ou constrangimento
Não existe gesto certo ou errado e sim o gesto mais ou menos adequado
Cabe ao professor ditar qual vai ser o caráter da atividade em grupo (competitiva ou recreativa, eficiência ou plasticidade estética)

<< ANTERIOR         PRÓXIMO>>

segunda-feira, 5 de julho de 2010

2 PCN 2º ao 5º ano ensino fundamental

Educação física: concepção e importância social
Conceitos de corpo e movimento;
Dimensões: cultural, social, política e afetiva, presentes no corpo vivo, que interagem e se movimentam como sujeitos sociais e cidadãos;
Organismo – fisiológico;
Corpo – contexto sócio-cultural;

Educação física como cultura corporal
Cultura é produto da sociedade e da coletividade que pertence ao indivíduo o antecede e transcende;
Cultura corporal: jogo, esporte, dança, luta e ginástica;
Cultura corporal e cidadania
A mortalidade por doenças cardiovasculares vem aumentando devido principalmente ao estresse e ao sedentarismo.

<< ANTERIOR                PRÓXIMO >>

segunda-feira, 28 de junho de 2010

1 PCN 2º ao 5º ano ensino fundamental

Histórico
Educação Física Higienista – educação do corpo, saudável equilibrado e menos suscetível a doenças, pensamento eugênico;
Educação Física Militarista – defender a pátria e seus ideais;
1851 – Reforma Couto Ferraz tornou a Educação Física obrigatória nas escola do município da corte;
Rui Barbosa defendeu a inclusão da ginástica nas escolas e a igualdade dos professores de ginástica ao professores de outras disciplinas;
Métodos Ginásticos europeus – sueco, alemão e o francês;
Escola nova;
Estado Novo – industrialização, educação física com o objetivo de ajudar na produtividade, cooperação e manutenção da saúde dos funcionários;
1961 – início da inclusão do esporte a Educação Física escolar através do Método Desportivo Generalizado;
1964 Tecnicismo;
Década de 70 – Educação Física militarista, investimento na Educação Física “milagre econômico brasileiro” e copa de 70;
Década de 80 – crise no nível do esporte de alto rendimento, começa o foco no desenvolvimento psicomotor, a educação física começa a ser repensada;
Início a formação das tendências da Educação Física.

AVANÇAR >>

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Resultado da prova Educação Física Rio de Janeiro

Depois de uma prova que na minha opinião estava bem difícil, na parte específica, devido a finalmente foi marcada a data para a divulgação do resultado da prova objetiva. Segundo informação divulgada no site na prefeitura o resultado vai sair no dia 24 junho (próxima quinta), junto da convocação para a entrega de títulos. Conversando informalmente com alguns colegas que também fizeram a prova, tive a informação de que entreram com recurso em algumas questões da parte específica da prova, então enquanto a vida a esperança.

sexta-feira, 11 de junho de 2010

5- Resumo Coletivo de autores

Implicações metodológicas

- Fazer coletivo: interação com outras avaliações;
- Conteúdos e metodologia: atualização;
- Normas e critérios: reflexão;
- Níveis de desenvolvimento dos alunos;
- Redimensionamento do processo de ensino: globalidade;
- Emissão de conceito: explicação;
- Fontes quantitativas e qualitativas;
- Utilização de instrumentos: motivação;
- Interpretação do insucesso e do erro;
- Eventos avaliativos: currículo oculto;

<< ANTERIOR      INÍCIO >>       << EXERCÍCIOS >>

Referências
COLETIVO DE AUTORES. Metodologia do ensino de Educação Física. São Paulo: Cortez, 1993.

quarta-feira, 9 de junho de 2010

4- Resumo Coletivo de autores

Avaliação
- Atualmente a avaliação é: burocrática, atender legislação, selecionar alunos e apresentações;
- Lei nº 96251/75: aprimoramento da aptidão física;
- Ensino atual: ensino esportivo - técnicas esportivas performance, professor treinador, professor é o centro, avaliações através do sucesso;

Finalidades e conteúdos para avaliação
- Projeto histórico: sociedade que envolve a escola;
- Condutas humanas: expressão corporal como linguagem (conhecimento, habilidades e atitudes);
- Práticas avaliativas: criatividade e atualização;
- Decisões em conjunto: interação;
- Tempo pedagogicamente nescessário para aprendizagem;
- Compreensão crítica da realidade: visão crítica dos resultados;
- Privilégio a ludicidade e criatividade;
- A nota enquanto síntese qualitativa: aproximação ou distanciamento do eixo curricular no PPP; - Reinterpretação e redefinição de valores e normas.

<< ANTERIOR   PRÓXIMO >> 

Referências
COLETIVO DE AUTORES. Metodologia do Ensino da Educação Física. São Paulo: editora Cortez, 1992.  

segunda-feira, 7 de junho de 2010

3- Resumo Coletivo de Autores

2.6 Ginástica
- Saltar, trepar, balançar/ embalar, rolar/ girar, e equilibrar;

1º ciclo
- Conhecimento externo;
- Solução de problemas;
- Conhecimento interno;
- Exibições;

2º ciclo
- Formas técnicas de ginástica (diversas);
- Exibições;

3º ciclo
- Programas de ginástica;
- Formação de grupos de exibição;

4º ciclo
- Aprofundamento ginástico e treinamento;

2.7 Dança
Temas expressivos:
- Estados afetivos;
- Sensações;
- Animal, vegetal e mineral;
- Trabalho;
- Escola;
- Ações da vida (dia-a-dia);
- Problemas sociais;

1º ciclo
- Livre interpretação;
- Temas sugeridos;

2º ciclo
- Relacionamento social;
- Temas culturais;

3º ciclo
- Dança técnica e mímica;

4º ciclo
- Como meio de comunicação.

<< ANTERIOR    PRÓXIMO >>


Referências
COLETIVO DE AUTORES. Metodologia do Ensino da Educação Física. São Paulo: editora Cortez, 1992.  

sexta-feira, 4 de junho de 2010

2- Resumo Coletivo de Autores

Jogo, esporte, dança, capoeira e ginástica

1. Jogo
1º Ciclo
- Conhecimento prórpio e do mundo;
- Avaliação e auto avaliação;
- Elaboração de brinquedos;

2º Ciclo
- Jogar taticamente e tecnicamente;
- Criar jogos;

3º Ciclo
- Jogar tática e tecnicamente;
- Arbitragem;
- Treinamento e avaliação;
- Níveis de sucesso;

4º Ciclo
- Aprofundamento técnico, tático e arbitragem;
- Aprofundamento treinamento;
- Escola e comunidade;

2. Esporte
2.1 Futebol
- Enquanto jogo com regras técnicas e tática;
- Espetáculo;
- Mercado;
- Popularidade;
- Cultura;

2.2 Atletismo
- Saltar;
- Correr;
- Arremessar;
- Lançar;

2.3 Voleibol
- Ataque;
- Defesa;
- Bloqueio;
- Saque;
- Recepção;
- Levantamento;

2.4 Basquetebol
- Drible;
- Passe;
- Recepção;
- Dificultar passe (marcação);

2.5 Capoeira
- Manifestação cultural e voz do oprimido.

<< ANTERIOR        PRÓXIMO >>

Referências
COLETIVO DE AUTORES. Metodologia do Ensino da Educação Física. São Paulo: editora Cortez, 1992.  

quinta-feira, 3 de junho de 2010

11. Aulas abertas (Escola nova) Hildebrandt Laging (86)

Anos 80
Rompimento com o tecnicismo e aptidão física;
Aluno no centro do processo;
Co-decisão;
Professor atua como mediador.

1- Resumo Coletivo de Autores

Materialismo dialético;
Pedagogia é capaz de lidar com a complexidade, conflitividade, específicidade e globalidade da prática social que é a educação;

Pedagogia:
- Diagnóstica ( incentiva a uma leitura da realidade), judicativa (julga de acordo com uma ética que reflete os interresses de uma classe social), teleológica (alvo onde quer chegar);

Referências básicas do curriculo:
- Antropologia, biologia, filosofia, psicologia e sociologia;

Lógica formal:
- Etapismo, linearidade, fragmentação, estaticidade, unilateralidade, terminalidade;
Lógica crítico superadora:
- Totalidade, movimento, mudança qualitativa e contradição;

O aluno tem que:
- Constatar, explicar, compreender e interpretar;

Treinamento
- Deve ser entendido com um caráter pedagógico, é um método científico de preparação de determinadas atividades da cultura corporal com o objetivo de organizar a prática;

Concepção de currículo ampliado
Currículo escolar tem como eixo a constatação, interpretação, compreensão e explicação.

Ciclos
1º ciclo (pré escola até 3º série) - organização "experiência sensível"
2º ciclo (4º até 6º série) - início a sistematização "relacionar"
3º ciclo (7º até 8º série) - ampliação "pensamento teórico"
4º ciclo (1º,2º e 3º anos) - aprofundamento "reflexão"

PRÓXIMO >>


Referências

COLETIVO DE AUTORES. Metodologia do Ensino da Educação Física. São Paulo: editora Cortez, 1992. 

2. Gabarito Abordagens da Educação Física

11-C
12-B
13-C
14-C
15-A
16-A
17-A
18-E
19-C
20-D

terça-feira, 1 de junho de 2010

1.Gabarito Abordagens da Educação Física

1-B
2-E
3-D
4-B
5-C
6-D
7-A
8-A
9-A
10-A
Qualquer dúvida entre em contato.

2. Questões abordagens da Educação Física

11- (Paulista/2006) “...defende uma ação educativa que deve ocorrer a partir dos movimentos espontâneos da criança e das atitudes corporais, favorecendo a gênese da imagem corporal, núcleo central da personalidade...”Darido e Rangel (2005). A qual se refere a afirmativa?
a) crítico-superadora
b) crítico-emancipatória
c) psicomotora
d) cultura corporal
e) construtivista-interacionista

12- (Gravatá/2008) “O jogo é o principal meio de ensino, pois quando a criança brinca, ela aprende e o jogo assume o papel de conteúdo e/ou estratégia”. Essa característica refere-se a abordagem
a) desenvolvimentista
b) construtivista
c) promoção da saúde
d) crítico superadoraaptidão física

13- (Coronel Fabriciano/2008) Proporcionar a criança condições para que o seu comportamento motor seja desenvolvido por meio da interação entre diversificação e complexidade dos movimentos, permitindo adaptação e atendimento as demandas cotidianas em termos de desafios motores é caracterizado como um fundamento da abordagem:
a) construtivisma-interacionista
b) crítico-superadora
c) desenvolvimentista
d) sistêmica
e) psicomotricidade

14- (Buíque/2006) Qual das abordagens abaixo se fundamenta no conceito de assimilação e adaptação de Piaget?
a) aptidão física/promoção da saúde
b) crítico superadora
c) construtivista
d) desenvolvimentista
e) sociológica

15- (Rio de Janeiro/2007) A abordagem denominada sistêmica (Betti, in Darido, 1991) parte do princípio de que, nas aulas de educação física, é necessário garantir o acesso de todos os alunos as atividades corporais no cotidiano escolar. Esse princípio é denominado:
a) não-exclusão
b) diversidade
c) corporeidade
d) inclusão social
e) instrumentalização

16- (Rio de Janeiro/2007) A abordagem desenvolvimentista possui como principal objetivo ofecer experiências de movimento adequadas ao nível de crescimento e desenvolvimento que os alunos vão adquirindo. No entanto, Darido (2003) observa a seguinte significativa limitação nesta abordagem:
a) dá pouca importância à influencia do contexto social que está por trás da aquisição das habilidades motoras
b) secundariza os jogos com características competitivas
c) limita-se a um conjunto de atividades de cunho psicomotor
d) apresenta exarcebada influencia sociomotora, criando limitações a utilização de alguns exercícios motores classificados como competitivos
e) tem insuficiente aplicação no cotidiano escolar porque são poucas as aulas de Educação física e, conseqüentemente, há limitação na captação de resultados esportivos

17- (Rio de Janeiro/2010) A partir da década de 1970, surge uma reação de modelo pedagógico que propõe a superação da visão biológica e de rendimento corporal, com bases no desenvolvimento do aluno nos apcetos de origem psicológica. Segundo Darido (2003), ess abordagem denomina-se:
a) psicomotora
b) cultural
c) jogos cooperativos
d) desenvolvimentista
e) psicologizante

18- (Rio de Janeiro/ 2010) Após um período de críticas e negação dos conceitos biológicos nas aulas de educação física escolar, em meados da década de 1990, observou-se um movimento de novas reflexões sobre a aplicação de tais perspectivas e eugênicos. Tal movimento, segundo Darido (2003), originou a abordagem pedagógica denominada:
a) sistêmica
b) biológica transformadora
c) cultural corporal
d) crítica biológica
e) saúde renovada

19- (Lima/2010) Para a abordagem sistêmica existe a preocupação de garantir:
a) adaptação
b) anatomia
c) especificidade
d) fisiologia
e) NDA

20- (Lima/2010) Os conceitos de hierarquia, tendências autoafirmativas e autointegrativas são trabalhos em qual abordagem?
a) desenvolvimentista
b) construtivista
c) promoção da saúde
d) sistêmica
e) aptidão física

<< ANTERIOR      GABARITO

Referências
Lima, Alex de; Educação física: mais de 400 questões com gabarito comentado. 1 ed. Rio de Janeiro. Elsevier, 2010

segunda-feira, 31 de maio de 2010

1. Questões Abodagens da Educação Física

1- (Marica/2006) A abordagem pedagógica de educação física, cujo processo de ensino-aprendizagem fundamenta-se na premissa de que existe uma seqüência normal de crescimento, de desenvolvimento e de aprendizagem, denomina-se:
a) crítico-emancipatória
b) desenvolvimentista
c) crítico-superadora
d) saúde renovada;
e) pedagogicista

2- (Queimados/2008) De acordo com os parâmetros curriculares nacionais (1998), a tendência pedagógica da educação física escolar, que defende a idéia do movimento como principal meio e fim da educação física, é chamada de:
a) tendência esportiva
b) abordagem crítica
c) abordagem psicomotora
d) higienismo
e) abordagem desenvolvimentista

3- (Paraná/2007) Na metodologia crítico-emancipatória, o autor propõe uma organização da aula para apresentar/construir as tematizações de movimento com os alunos. Quais são os passos dessa metodologia?
a) introdução,aquecimento, parte principal e volta a calma
b) início, meio e fim
c) prática social, problematização, instrumentalização e pratica social
d) arranjo material, transcendência de limites pela experimentação, transcendência de limites pela aprendizagem e transcendência de limites criando
e) introdução, objetivos, metodologia e resultados

4- (Paraná/2007) Na área da educação física escolar existem algumas abordagens que foram denominadas de críticas ou progressistas, por derivarem de uma perspectiva crítica da sociedade e ou da educação. Assinale a alternativa que apresenta uma concepção que não pode ser denominada de crítica ou progressista.
a) crítico-superadora
b) desenvolvimentista
c) crítico-emancipatória
d) concepção de aulas abertas
e) abordagem sistêmica

5- (Paraná/2007) As metodologias do ensino da educação física emergem de teorias sobre o ser humano, a educação e a sociedade. Qual das abordagens abaixo pauta-se na perspectiva do materialismo histórico e da pedagogia histórico-crítica?
a) crítico-emancipatória.
b) desenvolvimentista
c) crítico-superadora
d) concepção de “aulas abertas”
e) construtivismo

6- (Ilha Comprida/2007) A visão da educação física, na abordagem crítico-superadora, acredita que qualquer consideração sobre a pedagogia mais apropriada dever versar não somente sobre questões de como ensinar, mas também sobre como elaborarmos conhecimentos, valorizando a contextualização dos fatos e do resgate histórico. Essa percepção possibilita:
a) a percepção por parte do aluno de que a história vem se modificando constantemente e que nem sempre acompanhamos tais mudanças
b) o entendimento de que os jogos e brincadeiras não são modificados de acordo com os interesses históricos dos educandos
c) a analise dos educandos de que a superação só é alcançada se vier fundamentada na crítica das ações e relações da escola com os conteúdos
d) a compreensão, por parte do aluno, de que a produção da humanidade expressa uma determinada fase e que houve mudanças ao longo do tempo

7- (Rio de Janeiro/2008) A abordagem desenvolvimentista possui como principal objetivo oferecer experiências de movimento adequadas ao nível de crescimento e desenvolvimento que os alunos vão adquirindo. No entanto, Darido (2003) observa a seguinte significativa limitação nesta abordagem:
a) dá pouca importância à influencia do contexto sóciocultural que está por trás da aquisição das habilidades motoras
b) secundariza os jogos com características competitivas
c) limita-se a um conjunto de atividades de cunho psicomotor
d) apresenta exacerbada influencia sociomotora, criando limitações à utilização de alguns exercícios motores classificados como competitivos
e) tem insuficiente aplicação no cotidiano escolar porque são poucas as aulas de educação física e , conseqüentemente, há limitação na captação de resultados esportivos

8- (Niterói/2008) Tendo proposto aos seus alunos exercícios relativos ao fundamento saque-tênis, o professor de educação física escolar estimulava-os, citando declarações de técnicos de alto nível em voleibol, que cobram dos atletas a execução daquele fundamento com mais violência e precisão. A tendência pedagógica da educação física escolar, cuja abordagem privilegia o movimento como o seu principal meio e fim, é:
a) desenvolvimentista
b) psicomotora
c) construtivista
d) crítica
e) construtivista-interacionista

9- (São Paulo/2005) Darido (2003) considera que a proposta de educação física construtivista trata a criança como sujeito:
a) portador de experiências, independente do processo formal de ensino
b) portador de experiências pedagógicas para seu amadurecimento cultural
c) desprovido de cultura até sofrer uma intervenção pedagógica formal
d) que necessita de avaliação funcional antes de qualquer busca de performance
e) que pode ser entendido exclusivamente á luz dos estágios maturacionais

10- (São Paulo/2005) A crítica feita por Darido em relação aos pontos fracos da proposta crítico-superadora revela que essa abordagem:
a) ainda não conseguiu implementar uma proposta didatico-pedagógica
b) ainda não conseguiu desenvolver experiências práticas efetivas
c) não conseguiu adesão de representantes das principais universidades
d) não se baseia numa referência teórica significativa
e) dá importância demasiada a relevância social dos conteúdos

PRÓXIMO >>              GABARITO

X- Abordagens da Educação Física

PCN Marcelo Jabu e Caio Costa
Segue modelo espanhol
Material de reflexão
Temas transversais
- Saúde, meio ambiente, orientação sexual, trabalho e consumo, ética, pluralidade cultural e cidadania

Para melhoria da qualidade das aulas:
- Princípio da inclusão, temas transversais (ética, meio ambiente, orientação sexual, pluralidade cultural, saúde, trabalho e consumo) e dimensões dos conteúdos (atitudinal, conceitual, e procedimental)

<< ANTERIOR        INÍCIO >>                  ( EXERCÍCIOS )

Referências
DARIDO, Suraya Cristina. Educação Física na escola: questões e reflexões. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2003.

IX- Abordagens da Educação Física

Saúde renovada Nahas (97)
Trabalhar em prol da saúde (adoção de hábitos saudáveis)
Ensino médio
Não tanto valor as atividades esportivas
Aptidão física e saúde
Não exclusão e diversidade
Teoria e prática

<< ANTERIOR     PRÓXIMO >>


sábado, 29 de maio de 2010

VIII- Abordagens da Educação Física

Jogos cooperativos Brotto (95)
Solidariedade;
Valores humanitários;
Valorização da cooperação;
Ponto negativo
Pouco aprofundamento sociológico e filosófico.

<< ANTERIOR   PRÓXIMO >>

quinta-feira, 27 de maio de 2010

VII- Abordagens da Educação Física

Cultural ou Plural Daólio (93)
Estuda a origem cultural do que é trabalhado;
Antropologia;
Princípio da alteridade (diferenças humanas);
Questão do certo x errado (não existe técnicas melhores ou piores);
Toda técnica é cuoltural, porque é fruto de uma aprendizagem específica de uma determinada sociedade;
Transformação através da compreensão da oniverso de significados do professor de Educação Física.

<< ANTERIOR        PRÓXIMO >>

VI- Abordagens da Educação Física

Crítico-emancipatória Kunz (96)
Rompimento com as estruturas autoritárias (esporte rendimento);
Uso da linguagem;
Formação do cidadão;
Experimentação;
Questionamento;
-Organização da aula
Arranjo material, Transcendência de limites pela experimentação, transcendencia de limites pela aprendizagem e transcendencia de limites criando.

<< ANTERIOR       PRÓXIMO >>

V- Abordagens da Educação Física

Psicomotricidade Le Bouch 70
Valorização do conhecimento de origem psicológica;
Processos afetivos cognitivos e psicomotores;
Movimentos espontâneos formação da imagem corporal e personalidade.

<< ANTERIOR   PRÓXIMO >>  

IV- Abordagens da Educação Física

Sistêmica Betti
Voltada para alunos do 1º e 2º;
A escola é um sistema hierárquico aberto (influencia e é influenciado pela sociedade);
Valoriza a vivência e a experiência;
Princípio da não-exclusão;
Diversidade dos conteúdos;
Habilidades físicas valores sociais e cultura corporal;
Corpo/ Movimento meio e fim da Educação Física escolar;
Respeita específicidade da Educação Física;
Formação do cidadão transformador da cultura física.
Hierarquia, tendências autoafirmativas e autointegrativas.

<< ANTERIOR      PRÓXIMO >>

terça-feira, 25 de maio de 2010

III- Abordagens da Educação Física

Crítico-superadora Soares, Taffarel, Castellani, Bracht, Escobar (92)
Foco está na justiça social baseada em ideais Marxistas e Neomarxistas ;
Trabalha o resgate histórico e contextualização;
A produção humana expressa uma determinada fase e que houve mudanças ao longo do tempo;

A pedagogia crítico superadora é:
Diagnóstica- pretende ler os dados da realidade;
Judicativa- julga os elementos da sociedade a partir de uma ética que representa uma camada da sociedade;
Teleológica- busca uma direção;

Ela é entendida também como sendo um projeto político-pedagógico:
Político- pois direciona propostas de intervenção em um determinado caminho;
Pedagógica- porque possibilita uma reflexão sobre a ação dos homens na realidade;

Prega a confrontação com o senso comum;
Globalidade do conteúdo;

Ponto negativo
Não conseguiu implementar uma proposta didático-pedagógica.

<< ANTERIOR     PRÓXIMO >>

sexta-feira, 21 de maio de 2010

II- Abordagens da Educação Física

Construtivista-Interacionista Freire, Piaget (92)
Entende que a educação física pode ser usada como suporte para a aprendizagem de outros conteúdos;
Assimilação acomodação e reorganização;
Resgate dos jogos populares (jogos do universo do aluno);
Jogo é muito valorizado;
Construção do conhecimento através da interação do sujeito com o mundo;
Valorização das experiências do aluno (construção do conhecimento);
Métodos de avaliação são avaliação não-punitiva e auto avaliação;
Ponto negativo
Desconsidera a questão da especificidade da Educação Física

<< ANTERIOR    PRÓXIMO >>

quinta-feira, 20 de maio de 2010

I- Abordagens da Educação Física

-->
















1. Abordagem Desenvolvimentista Gallahue, Tani (87/88)
Voltada para alunos de 4 - 14 anos;
Foco está no movimento e habilidade motora;
Nessa abordagem são estudados os níveis de desenvolvimento e crescimento, taxionomia desenvolvimento motor e estágios de crescimento;
Desenvolvimento se dá através do aumento da complexidade e diversidade;


- Tipos de movimento
Gallahue
Movimentos fetais, espontâneos, rudimentares, fundamentais, fundamentais e culturalmente determinados;
Harrow
Moviemntos reflexos, habilidades básicas, habilidades específicas e comunicação não verbal;

- Habilidades básicas
Locomotoras, estabilização e manipulativas
Ponto negativo
Não leva em consideração a influência do contexto sócio-cultural.

PRÓXIMO >>